Buscar
  • Alexandre Marzullo

Blog Uma Canção #01 / 05 - Jorge Mautner & Cecília Beraba -"Não Não Não"

Uma canção de protesto lançada em 1966, no início da ditadura militar, atravessa pouco mais de cinco décadas sem perder o fio de seu gume; sua indignação ainda é nossa contemporânea. Trata-se de "Não, Não, Não", composição de Jorge Mautner e originalmente parte de seu primeiríssimo compacto, "Radioatividade", lançado pela RCA Victor, em 1966.


Resgatada este ano pela cantora e compositora Cecília Beraba, que assinou os novos arranjos para a música, a nova "Não, Não, Não" ganhou as plataformas de streaming na última sexta feira. Cecília Beraba junta sua voz à de Mautner, em um dueto que reafirma a parceria entre os dois artistas, iniciada com o lançamento do excelente "Eterno Meio-Dia" (2021), primeiro disco de Cecília Beraba e inteiramente realizado com composições em parceria com Mautner. Em "Não, Não, Não", suas vozes mesclam-se pela diferença, combinam-se pela distância e convergem na profunda e corajosa ternura que mobiliza o protesto. Uma qualidade que atravessa a obra de Mautner como um todo, e que Cecília Beraba reafirma em sua própria trajetória.


"Não, Não, Não" é uma canção curtíssima: cerca de dois minutos, urgente e sucinta. Mas lembre-se: são cerca de dois mintuos onde habitam pouco mais de cinquenta anos, e todos contemporâneos. E, para trás e para frente, quem sabe quantos mais? É uma atemporalidade que emana também da letra de Mautner, em sua síntese formidável , síntese de poeta, síntese de xamã - "dói, dói, dói no coração". Pouco mais de dois minutos, e o mundo muda.


https://open.spotify.com/album/0eIFTRW076m9agDSNUeRKT?si=7CPIAlw1QS2RIYAdSibStw&dl_branch=1








2 visualizações0 comentário